09/07/2020 às 04h07

Novo cenário mundial traz facilidades e aquece jornada de vendas de imóveis

Construtor de Vendas Pedro Carregosa (Jornalista)
Compartilhar:

A Nova realidade deixou toda a população mundial surpresa e em Estado de alerta. Por isso, os empresários tiveram que entender, o sentido de uma palavrinha que é “da moda”: o tal do reinventar.
 

Mas, para quem está acostumado a lidar com vendas e fidelização de clientes, a “reinvenção” é parte da rotina, até diante da grande concorrência. No mercado de imóveis, então, nem se fala.

 

Já faz algum tempo que as incorporadoras têm investido no mundo digital. As Redes sociais cresceram e o tempo que as pessoas “vivem” nelas também. Isso fez com que os corretores de imóveis também tivessem que estar diante do cliente em potencial nas redes. 

 

Assim, fica fácil captá-lo, acolhê-lo e fazer com que ele realize um dos maiores sonhos da vida: adquirir o imóvel. Trabalhar atendendo a desejos, acolhendo sentimentos e facilitando o acesso é o papel do corretor de imóveis que, no caso, é o  representante de toda a equipe. 

Como funciona a Jornada de Vendas?

 

A jornada de vendas começa a partir do primeiro contato. É o clique que prospect dá demonstrando o interesse no que vê. Com tempo mais livre das pessoas em redes sociais, cabem as incorporadoras fortalecerem os atrativos, desde o investimento em propaganda, até a qualificação do lead. 
 

É importante uma postura acolhedora, amigável, discreta e que transmita confiança. E agora além de tudo isso, há a vantagem da assinatura digital, sem sair de casa.  No ano de 2019, cerca de 50 mil documentos digitais circularam no mundo virtual do registro eletrônico, o que é amparado por lei federal. (Com informações da A Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip))
 

Como tirar vantagem dos “benefícios” do novo cenário?

Esse novo cenário que estamos vivendo trouxe algumas vantagens na aquisição de imóveis. É importante ter conhecimento de cada um desses benefícios para a garantia de boas vendas. Confira a lista abaixo;
 

  • Queda nas taxas de juros
  • Facilidade nos créditos imobiliários
  • Programas do governo federal disponíveis
  • Visitas Virtuais
  • Assinatura Eletrônica de Contratos
  • Envio de documentos de forma digital e remota


 

Para se ter uma ideia, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) O financiamento imobiliário no Brasil com recursos da poupança (SBPE) atingiu 7,13 bilhões de reais em maio alta de 8,2% ante mesmo mês do ano passado.
 

Nos primeiros cinco meses do ano, os empréstimos destinados à aquisição e à construção de imóveis avançaram 23,2%, atingindo 34,1 bilhões de reais. ( com informações da agência Reuters Brasil)

 

Taxa de juros mais baixas 

Um dos pontos mais atrativos para o cliente é a redução de juros. Segundo a Agência Brasil, a taxa básica de juros, a Selic, chegou ao menor patamar da história no último dia 17, ao ser fixada em 2,25% ao ano. Para este ano, a meta é de 4%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior é 2,5% e o superior, 5,5%. ( Com informações do uol economia)

O  que é a taxa selic ? 

A taxa de juros Selic é a referência para os demais juros da economia e é definida pelo Copom em oito reuniões ordinárias ao longo do ano. É a taxa média cobrada em negociações com títulos emitidos pelo Tesouro Nacional, registradas diariamente no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic). 
 
Uma vez definida a taxa Selic, o BC atua diariamente comprando e vendendo títulos públicos federais - para manter a taxa de juros próxima ao valor definido na reunião do Copom. Por meio da definição da Selic, o BC busca controlar a inflação do país, mantendo-a dentro da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional. ( Fonte: Uol Economia)

“Minha Casa Minha Vida em alta”

No caso do “Minha Casa Minha Vida”, segundo reportagem de O Estado de São Paulo “ o programa responde por 79% dos lançamentos e 71% das vendas no País, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc). 
 

Esse peso tende a crescer ao longo dos próximos meses, assim como ocorreu na crise de 2014, quando o programa respondeu por mais de 80% dos negócios.
 

A principal explicação para a blindagem do mercado de imóveis populares é que os consumidores desse segmento desejam sair da moradia atual – seja porque é compartilhada com outras famílias, ou porque o imóvel está em más condições.
 

Há também o interesse em trocar o aluguel pela prestação da casa própria, uma vez que os valores são semelhantes. Outro ponto é que o ritmo de formação de novas famílias nesse estrato social ainda é maior do que a quantidade de imóveis novos produzidos a cada ano”( com informações do Estadão). 

 

 

Aumento de vendas!

Os CRMs se tornam eficazes e certeiros para auxiliar a todos os empresários para que as jornadas de vendas sejam satisfatórias. E elas estão bem aquecidas. O Construtor de Vendas, por exemplo, registrou um aumento de 60% nos leads e 38% nas vendas, de acordo com seus dados. 
 

E,  segundo estudo realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional). A pesquisa foi realizada em 118 municípios, de 18 capitais. De acordo com o estudo, o aumento nas vendas dos imóveis foi observado em todas as regiões, com destaque para a venda de apartamentos.
 

O levantamento da CBIC mostrou que a região em que mais houve vendas de imóveis foi a Sudeste. No primeiro trimestre de 2020, foram vendidos 18.443 apartamentos, ou 39% mais unidades que no mesmo período de 2019. 
 

Vendas Por Região 

No Norte, foram vendidos 868 imóveis (27,8%), e no Nordeste, 7.311 (21,3%). Por outro lado, no Sul, foram vendidos 5.454 apartamentos (12%) e no Centro Oeste, 2.335 (0,7%).
 

Nesse ínterim, o valor geral de venda (VGV) do primeiro trimestre de 2020 foi de R$ 12,66 bilhões, crescimento de 15,14% em relação ao primeiro trimestre de 2019.( Informações do site Brasil 123 com dados da CBIC)
 

Conclusão

Esse artigo é necessário para deixar seu cliente a par dessas vantagens e desses dados. Todo esse conjunto o fará entender que que esse período é o mais propício para os investimentos no mercado imobiliário. Por isso, é hora de dar esse passo a frente, seja para a moradia ou para o investimento. 
 

É o tempo de fortalecer as relações sociais e aproveitar que as pessoas estão mais desocupadas, mais reflexivas, e emotivas. Conversar, oferecer, ouvir e ajudar a realizar o sonho. Esse é o grande desafio nesse novo cenário. O mundo está online e digital e você precisa entender, absorver e passar essa segurança ao cliente. 
 

Temos a certeza que esse conteúdo vai ajudar a você a vender mais e melhor. É um ponto de partida para um maior entendimento desse universo que trabalhamos. Caso tenha interesse em conhecer o Construtor de vendas, acessem o nosso conteúdo exclusivo e solicite uma demonstração.
 

Acesse o blog do Construtor de Vendas  para mais dicas como essas!
 

Principais tags da Matéria
Venda Jornada de Vendas Minha casa Minha Vida
Solicite Demonstração
Solicite Demonstração