14/05/2020 às 05h05

Dê a devida importância para a Gestão de Vendas e mude o rumo do seu negócio!

Sienge Plataforma de Gestão especialista na Indústria da Construção
Compartilhar:

Fazer uma boa gestão de vendas é o segredo do sucesso de sua construtora/incorporadora. Quer saber o motivo? Vem comigo que te mostro e dou dicas sobre como valorizar a sua gestão de vendas.


Mas afinal, o que é Gestão de Vendas?


Gestão de vendas é um conjunto de ações voltadas à evolução comercial de uma empresa. Essa é definição feita por Neil Patel, guru do marketing digital. 
 

Vejam só: o especialista destaca que, tem-se, como principal objetivo, aprimorar a condução da força de vendas para que, assim, os processos relacionados à área sejam todos qualificados. 
 

Importante destacar que o processo de gestão de vendas engloba toda a gama de atividades envolvidas desde o começo, até o final. Mesmo que direta ou indiretamente, ou seja: marketing, precificação, publicidade, distribuição, eventos, pesquisa. 
 

Isso quer dizer, que o marketing de conteúdo tem papel fundamental nesse processo, afinal, é ele que vai atrair leads para o pré-vendas poder triar. E, diga-se de passagem, esse “trabalho de atração” leva tempo. Dá até para fazer uma metáfora com um namoro, porque as coisas são feitas aos poucos seguindo, princípio do funil de marketing: 

 

  • Atrair,
  • Converter,
  • Relacionar,
  • Vender e
  • Analisar.

 

Só então, depois de toda essa sequência, é que os leads (potenciais clientes), que realmente têm interesse no produto serão encaminhados para o time de vendas. 
 

O Pipeline, também conhecido como funil de vendas, diz respeito às fases da jornada de compra:

 

  • Visitantes,
  • Leads,
  • Oportunidades e
  • Vendas.

 

Essas fases são divididas em quatro etapas. São elas: 

 

  • Aprendizado e Descoberta,
  • Reconhecimento do Problema,
  • Consideração da Solução e
  • Decisão de Compra.

 

Percebam que, o funil de marketing e o funil de vendas andam juntos e têm exatamente o mesmo propósito, conforme as etapas citadas citadas acima. 


Em um primeiro momento, o objetivo é atrair os potenciais clientes e fazer com que eles saibam que possuem um problema. Já em segundo momento a ideia é que os leads tenham em mente que esse problema precisa ser resolvido. 
 

A partir daí vem a questão: tenho o produto? Espero que você, caro leitor, nesta etapa tenha a solução adequada para oferecer para o cliente nesse momento que é, o de decisão de compra. 
 

E por fim, vem a venda e a retenção dos clientes na base. 

Pós-Venda

 

É imprescindível falar de pós-venda quando o assunto é gestão de vendas. Precisamos entender que tudo em vendas é feito para o cliente. E, mesmo depois de fechar um negócio, o processo de vendas continua. 
 

É importante, por exemplo, saber se, quem comprou com você, realmente ficou satisfeito com a aquisição. E se você, como vendedor, pode ser útil em mais alguma situação. 
 

E saiba de uma coisa: cliente satisfeito torna-se advogado da marca. Portanto, um processo de pós-venda bem feito pode valer ouro!

 


 

Controle de vendas

Ter a rotina de manter atualizada uma planilha de controle de vendas pode ser de grande valia. E isso não serve apenas como um registro do que foi vendido, ou ainda se tem que vender. Pelo contrário. Nessa planilha pode-se gerar informações de muita utilidade para a gestão de vendas. 
 

Com o controle de vendas é possível se visualizar, além das vendas efetuadas, as que foram previstas e as que foram perdidas. Tendo esses dados em mãos, fica muito mais fácil identificar os problemas e sugerir alternativas para gerar soluções, não é verdade?
 

Esses indicadores, com toda a certeza gerarão insights em reuniões de equipe. E, quando, o time estiver com algum problema, poderão resolvê-lo mais facilmente ao visualizarem, por exemplo, o estoque disponível e número exato de oportunidades de venda.
 

Por que a gestão de vendas faz a diferença no dia a dia de uma construtora/incorporadora?

 

Uma gestão de vendas mal feita pode gerar os mais variados problemas para sua construtora/incorporadora. Eles podem ser, por exemplo, ser: o distrato do negócio, o pagamento equivocado de comissões e podem chegar até a comprometer a reputação da empresa.
 

Para isso evitar todos esses problemas aí vão algumas dicas sobre incorporação imobiliária que podem salvar a sua negociação: 

  • escolha uma imobiliária de confiança, e por consequência, um corretor também;
  • quanto à figura do corretor, é bom que, além de ser alguém de confiança e registrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI), seja também uma pessoa acessível, ou seja, disponível para te atender, quando necessário. Enfim, alguém que possa realmente tirar as suas dúvidas. 
  • avaliar as condições financeiras de todas as partes envolvidas, para saber se, realmente podem arcar com as responsabilidades firmadas no contrato de venda. Importante destacar: aqui todos devem ter uma boa reputação, tanto a empresa que venderá o imóvel, quanto o comprador.

 

Software de gestão 

É claro que, para fazer uma boa gestão de vendas, a tecnologia pode e deve entrar em ação nessa hora! Por isso, o uso de um software de gestão ajudará você e sua equipe a automatizar os processos. Com isso, você verá que tudo ficará mais organizado e será possível ter a centralização informações de seu time.

Como acontece na prática?

Por meio de uma boa solução voltada para empresas do segmentos de construção e incorporação é possível centralizar todo o processo comercial, melhorando assim a gestão de vendas.
 

Assim fica muito mais simples realizar a gestão de vendas dos imóveis. Para o time de vendas também é mais produtivo, já que todo o controle é feito pelo sistema. Nesse caso, além da tecnologia ser uma grande aliada ao processo, tem impacto direto na satisfação da equipe.

 


 

Conclusão

Vimos que a gestão de vendas é, ao mesmo tempo complexo e simples, como um namoro. E que leva tempo. Precisa ser feito aos poucos. É necessário conhecer bem o seu potencial cliente e atender às suas necessidades. 
 

Além disso, o processo deve ser feito como um todo, do começo ao fim, sem furar etapas. Por isso, uma equipe bem estruturada e ferramentas de gestão adequadas para desenvolver seu trabalho são diferenciais para que você mude o rumo do seu negócio de forma mais rápida e efetiva!
 

Espero ter colaborado com o seu desenvolvimento de alguma forma! Se este artigo foi útil para você e sua equipe, curta e compartilhe ele! Obrigada e até o próximo!

 
Solicite Demonstração
Solicite Demonstração